Tratamento para Transtornos de Ansiedade em São Paulo

Isolamento Social, Ansiedade e Depressão

Frequentemente observamos o fenômeno do isolamento social nos transtornos psíquicos.

No entanto, este isolamento social se dá por diferentes razões nos diferentes transtornos.

isolamento social

Neste artigo, pretendo mostrar a relação entre o isolamento social e os transtornos de ansiedade e a depressão.

O isolamento social é um sintoma/comportamento comum e ocorre na ansiedade e na depressão.

E pode ser entendido como um comportamento de evitar o contato com outras pessoas.

Isto ocorre por razões diversas, conforme o transtorno em questão.

Nos transtornos de  ansiedade, por exemplo, pode ser o medo de alguma coisa dar errado.

Por exemplo, a pessoa teme ter um ataque de pânico e se isso acontecer, levar a um constrangimento sofrido para a pessoa.

Mas o medo pode ser também o de ter ataques de pânico e morrer.

Ou simplesmente, o medo se dá em razão de poder perder o controle ou de enlouquecer em público, por assim dizer.

Medo, loucura e perda do controle fazem parte das cognições presentes no transtorno de pânico.

Na fobia social, que é o transtorno de ansiedade que ocorre com maior frequência, o medo é o de ser avaliado negativamente pelos outros.

Por exemplo, ao suar, ao tremer ou ao falar com a voz embargada ou gaguejar.

A ideia de um comportamento inadequado causa grande ansiedade no fóbico social.

Nas fobias específicas, não existem estes medos.

No entanto, é muito frequente a depressão estar associada a estas fobias.

E aí, as razões do isolamento social são diferentes.

Por exemplo, o isolamento já não é determinado pelo medo e sim pela tristeza, falta de vontade e desânimo e, principalmente, pela falta de prazer em todas ou quase todas as coisas que levam ao prazer.

O isolamento social ocorre por medo na ansiedade e por desânimo na depressão

isolamento social

Encontrar pessoas para quem sofre de depressão não faz o menor sentido para o deprimido.

Ele observa as pessoas rindo, divertidas e isto não faz o menor sentido para ele, pois não entende porque elas estão se divertindo.

Se você gostou deste artigo, então compartilhe com os seus amigos nas redes sociais.

Se tiver alguma dúvida, deixe um comentário e eu prometo que te respondo.

tito paes de barros neto

 

ESTIMADOS CORAÇÕES
Tito Paes de Barros Neto e Cristiane Maluhy Gebara

Ao longo das  nossas vidas nos deparamos com  angústias diárias,  sofrimentos intensos e nem sempre temos um ombro amigo para recostar, alguém para nos ouvir e nos confortar.  Como seria bom termos terapeutas experientes para conversar conosco e nos transmitir não só ensinamentos,  mas tranquilidade, paz e aceitação das nossas dificuldades. Alguém que nos ajudasse a superar traumas, solucionar problemas e melhorar nossa auto estima. Esta é a proposta e deste livro, estar ao nosso lado, presente, nos auxiliando nesses momentos.

Dois corações privilegiados, Cris e Tito, terapeutas renomados, Cristiane Maluhy Gebara e Tito Paes de Barros Neto, nos trazem pontos de reflexão e ajuda para as dificuldades nos relacionamentos interpessoais. Por meio de histórias, semelhantes as nossas histórias, nos apresentam possibilidades de aceitação e mudança, de crescimento e afeto. Neste texto não só podemos ter uma possibilidade de ajuda, mas também  sentir nossos corações aquecidos e acalentados.